TERMOGÊNICOS NATURAIS


Conheça os alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo e queimar mais calorias durante a prática do exercício físico
Toda ajuda saudável é bem-vinda quando se está disposto a perder peso. Agora, imagine poder acelerar o processo de emagrecimento comendo coisas saborosas durante todo o dia. Maravilhoso, não?

O ponto de partida é que todos os alimentos necessitam que o corpo humano gaste energia para serem digeridos. O mais interessante é que existem alguns em especial que se destacam mais que os outros, pois fazem com que o metabolismo trabalhe em um ritmo acelerado e gaste mais colorias. Eles são os chamados termogênicos.

“Quanto mais difícil é a digestão, maior o valor termogênico do alimento. Esses alimentos são responsáveis por mais ou menos 10% do gasto total de energia do corpo e, quando estão associados a condimentos, potencializam o seu efeito”, explicou Camila Gabriela Camargo, nutricionista da Prefeitura Municipal de Itu e do Atendimento Clínico e Esportivo.

Para queimar gordura
Entre os principais “queimadores” de gordura estão: gengibre, vinagre de maçã, pimenta vermelha, acelga, couve, brócolis, laranja, kiwi, cafeína, canela, guaraná, chá verde, água gelada, linhaça, salmão, sardinha, mostarda, aspargos, gorduras vegetais (como o azeite) e produtos derivados do chocolate amargo. O ideal é incluir pequenas porções desses alimentos no cardápio do dia a dia para não sobrecarregar nas calorias consumidas e ter o efeito contrário, ou seja, engordar.

“O efeito térmico de cada alimento varia de acordo com os alimentos existentes na dieta, sendo maior após o consumo de carboidratos e proteínas e menor após a ingestão de gordura”, orientou Camila.

Sem milagres
Mas está enganado quem pensa que pode emagrecer apenas comendo alimentos termogênicos, pois, para que produzam o resultado esperado, eles precisam ser associados a uma dieta balanceada e a prática regular de atividades físicas.

“Os termogênicos aceleram o metabolismo e o processo de emagrecimento, mas sozinhos não tem nenhum efeito no organismo. Eles precisam estar associados a um estilo de vida saudável e uma rotina de exercícios. Uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, cereais integrais e carnes magras é muito importante para que se obtenham os efeitos esperados destes alimentos”, explicou Renata Rodrigues de Oliveira, nutricionista do Instituto Mineiro de Endocrinologia. “Se a pessoa ingerir somente os termogênicos, pode ocorrer um desequilíbrio de nutrientes”, completou Camila.

Evite exageros
Apesar de acelerarem a queima de calorias e serem grandes aliados daqueles que desejam emagrecer, o consumo excessivo de alguns alimentos termogênicos deve ser evitado, principalmente, por pessoas que possuem estomago sensível.

“Mesmo sendo naturais, o consumo desses alimentos não é indicado para pessoas que possuem o aparelho digestivo sensível ou apresentam problemas estomacais, porque o uso de condimentos como a pimenta e o gengibre podem agravar o quadro”, alertou Renata.

Além disso, não é indicado que estes alimentos sejam utilizados na parte da noite, pois podem causar insônia e dificultar o sono. “Os termogênicos também são considerados estimulantes. Por isso, não devem ser consumidos após as 17h, pois podem atrapalhar o sono de pessoas mais sensíveis”, disse Camila.

Fonte: O2 - Cesar Candido dos Santos